Início » VER – FAQS

VER – FAQS

Perguntas Frequentes

Ao longo da 1ª edição fomos ficando atentos às dúvidas mais frequentes sobre o Programa.  Reunimos aqui as principais perguntas e respostas na tentativa de contribuir para um processo de candidaturas mais esclarecedor.

O programa VER está assente num formato híbrido.
Durante as suas várias fases, promove a participação ativa no espaço da Biovilla, intercalada com a participação online (live).
Para que o programa possa cumprir o seu verdadeiro propósito e entregar resultados de qualidade é essencial o comprometimento de participação quer nas sessões presenciais, quer online.

De momento não existem condições para providenciar transporte até à Biovilla.
O que te conseguimos dizer, baseados na experiência da 1ª edição, é que, de forma informal, foi sempre possível organizarem-se boleias entre participantes ou membros da equipa.

A Biovilla não é uma comunidade, é acima de tudo um projeto de educação para a Sustentabilidade e Regeneração que pretende passar a palavra de que as nossas ações diárias têm impacto no futuro do planeta.

Não conseguimos viver na Biovilla porque estamos instalados no Parque Natural da Arrábida, local onde não é permitido construir, nem acampar desde os anos 70 de forma a preservar a Biodiversidade que aqui existe e que é apontada como única na Europa.

Destina-se aos desempregados de longa duração e a desempregados jovens, em particular das regiões de Palmela e Setúbal.
● A categoria de ‘desempregados de longa duração (DLD)’ abrange pessoas em situação de desemprego há doze meses ou mais, inscritas no IEFP – Instituto de Emprego e da Formação Profissional, como desempregados, com habilitação de nível secundário ou superior.
● A categoria de ‘desempregados jovens’ abrange pessoas com idade igual ou superior a 21 anos e menor ou igual a 30 anos, inscritas no IEFP – Instituto de Emprego e da Formação Profissional, como desempregados, com habilitação de nível secundário ou superior.

Pessoas empregadas que se declarem em condições de trabalho não dignas e estudantes à procura do 1º emprego podem candidatar-se. No entanto, é importante ter em mente que o programa exige um elevado grau de disponibilidade e comprometimento, é solicitada uma assiduidade mínima de 80%.

Sim, apesar de priorizarmos os desempregados de longa duração e os desempregados jovens, damos abertura para qualquer perfil de desempregado desde que estejam, comprovadamente, inscritos no Instituto de Emprego e da Formação Profissional (IEFP).

Sim, apesar de priorizarmos residentes em Setúbal e Palmela, podem candidatar-se pessoas de todo o país, desde que respondam a todos os critérios de elegibilidade descritos nas Condições de Participação.

É permitido concorrerem pessoas residentes em Portugal, nacionais ou estrangeiras, desde que sejam fluentes no idioma português, quer na escrita quer na oralidade. A capacitação será dada exclusivamente em português. 

Sim, caso no formulário de candidatura indiques que estás em situação de desemprego, será obrigatório anexar a declaração IEFP que indica há quanto tempo estás inscrito.
Este é um dos critérios de elegibilidade.

Deverás inscrever-te no Centro de Emprego da área da tua residência o quanto antes, para que seja possível submeteres a Declaração do IEFP junto com o formulário de candidatura, dentro do período em que as candidaturas estão abertas.
Em caso de dificuldade, em conseguires obter esta declaração, entra em contato connosco através do email do VER, daremos o nosso melhor para articularmos com os nossos parceiros do IEFP.

O nosso programa não é uma formação do IEFP.

Em caso de seres selecionado para o nosso programa articulamos diretamente com o IEFP e será analisada qual a melhor opção para a tua integração no mercado de trabalho.

Formulário de Candidatura integralmente preenchido, Curriculum Vitae, Certificado de Habilitações (mínimo 12º ano) e Declaração do IEFP (caso se aplique). 

Todos os que submeterem a sua candidatura receberão, via email, a confirmação de que foram ou não selecionados.

Não será possível. O nosso foco, em termos de problema social, é o desemprego, pretendemos contribuir para que pessoas que se encontram nessa situação, possam sair de forma a alinharem o seu propósito de vida com um caminho profissional de sucesso. 

Para além disso e conforme consta nas condições de participação, esta é uma capacitação onde é exigido um grande nível de comprometimento. Consideramos que não é compatível pessoas que estejam nos seus trabalhos a full-time, conseguirem garantir o nível de entrega e assiduidade necessários neste programa.

É muito bem vindo quem vier por bem, com vontade de contribuir e com sentido de compromisso, com ou sem experiência, com ou sem ideias de negócio.

A nossa missão é essa mesmo – pôr a nossa experiência ao serviço dos sonhos individuais, para que se possam cumprir propósitos coletivos.

Na Biovilla não somos indiferentes a essa situação, já que um dos objetivos do programa VER é a criação de postos de trabalho, seja direta ou indiretamente e por isso, tentamos sempre ser flexíveis e adaptarmos às necessidades individuais, contudo sem nunca pormos em causa a qualidade do que entregamos ao grupo, essa é a nossa prioridade.